domingo, 17 de junho de 2012

O que você faria?




Um sábado desses, assistindo ao programa do Raul Gil (é... eu confesso, eu gosto do Raul Gil) uma brincadeira me chamou a atenção. Era um quadro novo do tipo: "se vc fosse .... o que você faria?" e entre as perguntas que fizeram ao convidado da vez - Régis Tadeu - uma chamou minha atenção: " se  você fosse Deus o que você faria?" O Régis pensou um pouco e respondeu mais ou menos assim: "se eu fosse Deus...eu destruiria esse mundo (por que não tem mais jeito) e construiria um mundo novo, sem maldade, sem coisas ruins". 

É...Régis... boa resposta. Tão boa que é exatamente o que Deus fez. 
Ele construiu um mundo perfeito, sem maldade, sem mentiras, sem miséria , sem fanáticos religiosos, sem violência....

Mas então, como chegamos aqui? 

Bem, nesse mundo perfeito Deus não quis que o homem fosse apenas um "boneco". Ele deu ao homem o direito de escolher. Escolher entre o bem e o mal. 
O problema é que para o mal, como dizia minha avó, nós temos inclinação e gosto. E nem adianta por a culpa em Adão e Eva, por que nós, cada um de nós faz essa escolha a todo instante. 
E não pense você que só escolhemos o mal quando matamos ou roubamos.
Nós escolhemos o mal quando comemos demais, quando bebemos demais, quando agimos sem responsabilidade, quando fechamos os olhos aos necessitados, quando somos invejosos, ciumentos ou rancorosos, quando mentimos... Enfim, escolhemos o mal quando nos afastamos da vontade perfeita de Deus para nós. E é a partir de cada uma dessas escolhas que moldamos o mundo criado por Deus para nós. É a partir de nossas escolhas - individuais ou não - que criamos os problemas que depois teremos que resolver.

Todos os dias, a cada instante temos o direito de escolher. Mais que um direito, é preciso escolher.
E não são raras as vezes que escolhemos o mal e não o bem. 
Uma escolha errada pode parecer inocente e que não vai prejudicar o mundo mais do que já está. Mas não se  engane: tudo que o homem semear, tambem colherá. E quem planta uma semente de laranja e colhe uma laranja só?

Cuidado com suas escolhas. Você se alimentará dos frutos delas.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Angú e macarrão?!?

Mais uma das histórias da tia Márcia.
Essa é de quando ela ainda nem era tia Marcia, apenas uma menininha que cantava no grupo infantil

Marcia chega em casa, da EBD, toda sorridente:

- Mãe, olha só o hino que a tia Dilce ensinou hoje: "...Joelho no chão, ANGÚ e MACARRÃO, para vencer toda tribulação!"
- Marcia, tem certeza que é assim? tá esquisito isso...
- É sim mãe! A tia ensinou hoje, vamos cantar a noite, você vai ver!


E passa o dia inteiro cantando isso... A noite...


- Vamos ouvir o grupo de Crianças!

Lá vai a Márcia toda sorridente

"Lá no céu tem livro de ouro e meu nome escrito está, Ah! seu eu tivesse asas, eu voaria pra lá.
Joelho no chão, JEJUM e ORAÇÃO para vencer toda tribulação!"



PS. Até hoje tia Marcia não consegue decorar as letras..rs

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Aborto em fetos com Anencefalia.

Por Márcia

  
           Está em todos os jornais, tele-jornais, redes sociais e nas maiorias dos blogs. Tudo o que se fala no momento é sobre o julgamento do STF, sobre a liberação ou não do aborto em fetos com anencefalia.
   Sinceramente eu não sabia, até hoje, se era contra ou a favor dessa nova lei. Entenda bem, sou contra o aborto, mas a minha dúvida era se sou a favor dessa lei ou não. 
    E isso estava me incomodando tanto,que resolvi procurar mas informações sobre o assunto. E enquanto estava fazendo minha pesquisa e tentando formar uma opinião, me lembrei de uma passagem bíblica em que os fariseus levam até Jesus uma mulher pega em adultério para que ele a julgasse. Deveria ela viver ou morrer?
    Naquele momento Jesus precisava decidir se aquela mulher deveria viver ou morrer. Só havia duas alternativas, mas se ele dissesse que ela deveria viver, estaria dando aos fariseus uma chance de questiona-lo sobre a lei de Moisés dada pelo próprio Deus, e se  dissesse que ela deveria morrer estaria indo contra seu próprio ensinamento sobre perdão e amor ao próximo.
   Eis a resposta de Jesus: 

Se alguém não tiver pecado, que atire a primeira pedra.(João 8.7)

    Jesus deixou que eles decidissem. Cada um no seu próprio coração e mente. 
    Depois que lembrei dessa historia resolvi abandonar minhas pesquisas e escrever esse texto.
 Então eis aí a minha opinião e justificativa (por favor leia até o final): 

SOU CONTRA O ABORTO, MAS A FAVOR QUE APROVEM ESSA LEI, POIS SOU A FAVOR DO LIVRE ARBÍTRIO.

    Quem é mãe sabe como é difícil gerar um filho,se você não é, esqueça todos aqueles textos lindos que rolam por aí no dia das mães dizendo como é bom carregar uma criança em nosso ventre.
      A verdade é que gerar uma criança é muito difícil. A gente incha, perde a maioria das forças e nossa agilidade, sentimos dores, enjoos e mal estares praticamente o tempo todo. Como nós suportamos?

                Com esperança. 

     Esperança de que colocaremos  essa criança no mundo e a veremos crescer feliz e cheia de saúde.
     Não sei como seria passar por todas essas dificuldades sabendo que essa criança tem pouca chance de vida. Me olhar todos os dias no espelho e não saber por quanto tempo ainda terei esse pequenininho dentro mim, por isso entendo o dilema das mães que estão passando por isso.

        A decisão de abortar ou não, não deve ser tomada pelo STF, nem pelos grupos a favor da liberação do aborto, e muito menos por nós cristãos.
        Essa decisão é de cada mãe.
       Jesus disse que quem não tivesse pecado atirasse a primeira pedra.
       Eu digo que quem esteja nessa situação, tome sua própria decisão, mas saiba porém que por todas essas coisas te trará Deus a juízo. (Eclesiastes 11.09), "Porque Deus há de trazer a juízo toda obra, e tudo o que está encoberto,quer seja bom, quer seja mal" - Eclesiastes 12.14.  
É sua escolha.
É sua decisão.
 E são suas as consequências.
     
PS: Essa é minha opinião pessoal e particular. Então fiquem  a vontade para discordar se assim quiserem. estou sempre aberta para discussões sadias e respeitáveis, e não me importo de mudar minha opinião caso você me convença com seus argumentos.

sábado, 31 de março de 2012

domingo, 25 de março de 2012

Eu sou meninaaaa

Quem me conhece, conhece minha famosa frase "eu sou meninaaaa...." rs
Então vou criar uma categoria aqui no blog com coisas de menina (rs) e pra começar, esse vídeo muito menininha
video

quinta-feira, 8 de março de 2012

O que as mulheres querem


Não quero um anel de brilhante.
Prefiro ver o brilho de felicidade nos seus olhos ao meu ver.

Também não quero receber chocolates.
Quero que suas palavras para mim sejam as mais doces.

Não quero um "dia de princesa" num spa.
Quero ser amada e elogiada todos os dias.

Também não precisa me levar para jantar num restaurante romântico e caro.
Que tal preparamos sempre juntos o jantar?
Que tal fazer de todos eles - daqui pra frente - jantares românticos?

Não quero um carro novo,
Quero caminhar com você por toda minha vida.




Por que hoje, e sempre, o que eu quero mesmo... é ser AMADA!


À todas as mulheres que querem ser amadas, um feliz dia!!!

domingo, 4 de março de 2012

Eu voltei...


Oi pessoas!

É... andei sumida, eu sei...
É que as vezes nossa vida de uma hora pra outra vira de cabeça pra baixo e depois desvira e depois vira de novo...

"Então disse eu: Já pereceu a minha força, como também a minha esperança no Senhor" 

Essa frase bem que poderia ser minha...mas não é... é de Jeremias em suas lamentações...Ele também foi virado e revirado. Esteve num furacão. Esteve abatido.

Você já se sentiu assim?


Se a resposta é sim, você sabe do quê estamos falando...

Mas de uma coisa Jeremias e eu nos lembramos e por isso tivemos esperança: Por causa da misericórdia do Senhor, não somos consumidos. Elas não tem fim! São novas a cada manhã! Grande é a fidelidade do Senhor!

E é por essa misericórdia que estou de volta. Ainda tonta das viradas da vida, mas de volta.

À minha alma, basta o Senhor, é nEle que eu espero. E eu sei que Ele é bom para com aqueles que nEle confiam; para com aqueles que o buscam.

Em momentos de aflição, de dor, de angústia, podemos ESPERAR no Senhor. Podemos CONFIAR nEle.

E quando invocarmos seu nome, não importa quão fundo é o poço, Ele se aproximará e dirá: "Não Temas!"


Paz
Angela

* Se você se identificou com este texto, leia Lamentações de Jeremias 3
xxxx